E se Taylor Swift fosse um homem? Seria mais fácil?

Thayssa Maluff

Taylor Swift se já ganhou Grammy, mas ela surpreendeu a todos no clipe de seu novo single “The Man”, onde aparece como um homem. No videoclipe o mundo ainda é por homens, e Taylor, no papel de um executivo masculino age como um deus para seus funcionários, que aplaudem quando ele entra na sala, esbofeteando os outros caras.

A cantora está irreconhecível como “homem” que explora, é mulherengo, bebe e faz birra. Taylor só volta a ser ela mesmo, após o fim das gravações, e diz a seu personagem para que seja “mais sexy” e “parecer mais gostável”. As frases são criticas no qual a cantora já recebeu e comentou sobre, que são sempre associados à imagem que uma mulher deve ter.

Swift passou por inúmeras transformações para encarnar a personagem do videoclipe. Ela interpreta todos os papéis e também escreveu e dirigiu todo o seu novo trabalho.

Em entrevista para Vogue, no ano passado, a artista explicou o conceito da musica, que fala sobre as mulheres terem que se esforçar o dobro para serem reconhecidas em uma sociedade dominada pelo machismo.

Ela brinca com a ideia de percepção. E um experimento do tipo: ‘Se eu tivesse feito as mesmas escolhas, os mesmos erros, tido os mesmos ganhos, como isso seria visto (se eu fosse um homem).’

A produção não é apenas um clipe e sim uma critica social no qual ela aponta, várias atitudes de homens no qual é plausível, porém não para mulheres, e mais ela coloca vários easter eggs no qual indiretamente ela cita várias vezes Scooter Braun, dono da gravadora.

O vídeo (assista abaixo), assume sem nenhuma dúvida que vivemos em uma sociedade patriarcal e dominada por homens, ainda!

Reply